Waldyr é responsável por cercear 89 crianças do direito a educação

Conforme já havia sido antecipado neste blog, o superintendente da SAS, Waldyr Jorge, finalmente reconheceu em comunicado às Apefs da creche Oeste e Central que fechou as 141 vagas que haviam sido disponibilizadas no final do ano passado para novos alunos nas cinco creches da Universidade de São Paulo.

Leia o post:

https://crechecentraluspcom.wordpress.com/2015/03/04/sas-usa-alegacoes-falsas-para-justificar-fechamento-de-vagas/

O comunicado falta com a verdade sobre as verdadeiras razões para o fechamento das vagas e esconde o fato de que quatro das cinco creches ofereceram planos de atendimento imediato de pelo menos 89 crianças. Ou seja, o superitendente da SAS é responsável pelo cerceamento do direito a educação de uma centena de crianças.

Leia o comunicado da SAS no link abaixo:

oficio resp SAS 3-3-15

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s