Nenhuma criança entra nas creches USP em 2016, diz Nakao

O chefe de gabinete do reitor da Universidade de São Paulo, Osvaldo Shigueru Nakao, informou nesta terça-feira, dia 22, que não haverá seleção para repor as crianças que deixam as cinco creches/pré-escolas da universidade no final do ano. A declaração foi dada durante reunião com uma comissão de professores das creches e em que estava presente o deputado estadual Carlos Gianazzi.

Nakao disse também que nem mesmo a entrada automática de irmãos de crianças que já frequentam o sistema da USP, prevista no Estatuto das Creches, será respeitada, como ocorreu neste ano. A alegação da Reitoria da universidade é de que falta dinheiro para manter as creches.

Em 2015 já haviam sido fechadas 141 vagas, apesar de ter sido realizada a seleção. Estima-se que com essa decisão mais de uma centena de crianças deixarão de ser atendidas em 2016. Em 2007, as cinco creches atendiam 722 crianças. Hoje, atendem somente 402.

A Comissão de Mobilização das Creches/Pré-escolas da USP, formada por pais e funcionários, avalia que a medida é mais um passo para o fechamento total das creches, ainda não assumido oficialmente pela Reitoria.

No encontro desta terça, Nakao não quis comentar o fato de o fechamento de vagas na prática deixar a estrutura parcialmente ociosa e representar desperdício de dinheiro público. Somente na Creche Pré-Escola Central, no campus Butantã, 18 professoras ficarão ociosas se não entrarem novas crianças em 2016.

A reunião de terça-feira com Nakao foi realizada com o intuito de discutir o cumprimento do mandato de segurança em que USP está obrigada a reconhecer a Lei Complementar 1.202/2013 que eleva a condição de professor(a) de educação infantil os “técnicos” que atuam em suas creches/pré-escolas.

Quanto a esse assunto, a USP não vai tomar nenhuma medida imediata. A procuradoria da universidade pediu mais informações sobre a carreira de cada funcionário de todas as creches. Apesar de ter acesso a tais informações, as procuradoras afirmaram estar “sobrecarregadas” para realizar tal levantamento. Trinta dias corridos após o fornecimento de tais informações, a procuradoria se comprometeu a marcar nova reunião.

Anúncios

Um comentário sobre “Nenhuma criança entra nas creches USP em 2016, diz Nakao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s