Piquenique define ações jurídicas contra fechamento de creches

Piquenique principal

Piquenique2

Piquenique1

Um grande piquenique pró-Creches/Pré-escolas da USP foi realizado na manhã do dia 24, sábado, no campus Butantã, Cidade Universitária. Estiveram presentes famílias e funcionários das creches da USP, famílias da demanda, representantes dos alunos, representantes do Sintusp e um advogado.

Ao longo da conversa com o advogado foram abordadas possíveis estratégias para ações jurídicas. Da reunião saiu a proposta de ações na Justiça de acordo com o perfil de cada grupo, como pessoas físicas, associações etc.

O primeiro grupo, das pessoas físicas, pode ser dividido em:

1) famílias que já têm um filho na creche e estão em busca de vaga para o outro em 2016;

2) famílias que entraram no processo seletivo para 2015, ficaram sem creche e buscam vaga para 2016;

3) famílias que estão sem creche, buscam vaga para 2016 e não participaram do processo seletivo do ano anterior (2015);

4) famílias cujos filhos estão nas creches e buscam garantir que a creche exista até que as crianças completem o ciclo da educação infantil

5) funcionários das creches que precisam de vaga para filho em 2016.

O segundo grupo, formado por associações:

1) APEFs: processo pelo direito constitucional à educação;

2) DCE/APG: estudantes pelo direito à universidade;

3) SINTUSP/ADUSP: funcionários pelos direitos trabalhistas.

O terceiro grupo, que pode ser feito através da defensoria pública:

1) Pais que comprovem renda mensal de menos de 3 salários mínimos, em nome da comunidade usp/da sociedade pelo projeto de educação infantil das creches.

Os pais e mães interessados em fazer parte da ação coletiva em algum desses grupos, por favor, entre em contato com a Comissão de Mobilização de Pais e Funcionários das Creches USP pelo formulário: http://goo.gl/forms/hBk7OcqK5X

Creche Central e Escola de Aplicação lançam livro digital na Brasiliana

Pais, mães, Leo e Crismara cantam acompanhados de perto pelas crianças
Pais, mães, Leo e Crismara cantam acompanhados de perto pelas crianças
O ator e contador de histórias João Acaiabe
O ator e contador de histórias João Acaiabe

A comunidade USP prestigia o lançamento
A comunidade USP prestigia o lançamento

O auditório István Jancsó, no complexo Brasiliana, USP, ficou pequeno para receber alunos e ex-alunos, além de seus pais e professores, para o lançamento do livro digital “Brincadeiras de Muitos Tempos e Lugares”, uma produção da Creche/Pré-Escola Central da USP e da Escola de Aplicação.

O evento, realizado na noite de sexta-feira, dia 23 de outubro, contou com a presença do ator e contador de histórias João Acaiabe e um grupo musical formado por pais, mães e Crismara Correa, educadora da Creche Central.

Também foram realizadas duas mesas de debates e comentários sobre a produção das creches da USP e exibido um filme sobre a Creche Central.

A tentativa de desmonte do projeto de educação infantil que tem mais de três décadas na universidade pelo atual reitor também foi abordada por alguns dos palestrantes. Alguns pais se emocionaram.

Mais informações sobre o livro no site:

http://www.usp.br/memorias/

Fotos: Stephanie Maluf

É AMANHÃ: Piquenique reúne pais e mães para discutir ações na justiça para reabertura de vagas

CARTAZ_picnic

Um grande piquenique será o ponto de partida para a discussão de novas ações, tanto jurídicas como de mobilização, entre pais que já têm seus filhos nas creches, assim como aqueles que estão em busca de uma vaga. Contaremos com a presença de um advogado, que nos dará assessoria jurídica. É muito importante a presença de tod@s.

O encontro ocorrerá amanhã, sábado, dia 24 de outubro, a partir das 9h em frente à Creche/Pré-Escola Central, ao lado da Faculdade de Educação, avenida da Universidade, 200, campus Butantã. Em caso de chuva, nos reuniremos no vão central do Prédio de História e Geografia.

Pedimos a tod@s tragam frutas, sucos e/ou biscoito de polvilho, cangas e produzam pouco lixo. Contamos com a ajuda de tod@s para manter o ambiente limpo depois do encontro.

Aqueles que buscam vagas e não podem comparecer, não deixem de preencher o arquivo cujo link se encontra abaixo. Quem já preencheu não precisa preencher novamente.

Lista de demanda para novos alunos

Creche Central convida reitor para lançamento de livro

Funcionário da reitoria protocola convite ao reitor
Funcionário da reitoria protocola convite ao reitor
Capa do livro produzido pela Creche Central, Aplicação e FEUSP
Capa do livro produzido pela Creche Central, Aplicação e FEUSP

Na manhã de hoje, dia 22, foi protocolado um convite ao reitor Marco Antonio Zago para comparecer ao lançamento do livro “Brincadeiras de Muitos Tempos e Lugares”, uma produção conjunta da Creche Central, Escola de Aplicação e Faculdade de Educação da USP.

O convite tem como objetivo apresentar ao reitor um exemplo do trabalho de pesquisa que é realizado pelas creches da USP. O livro faz parte do projeto de mesmo nome, financiado pelo edital Memória das Sociabilidades da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP, e foi desenvolvido ao longo dos anos de 2013 e 2014.

O lançamento ocorrerá a partir das 18h do dia 23 de outubro, sexta-feira, no Auditório István Jancsó, do complexo Brasiliana da USP.

Mais informações sobre o livro, que é digital, no link abaixo:

http://www.usp.br/memorias

Piracicaba exige entrada imediata de crianças selecionadas para creche

São Carlos 1

São Carlos 2

São Carlos 3

Fotos: Julia Rossi.

Por Gabriel Colombo de Freitas

Na quarta-feira, 14 de outubro, foi dia de mobilização em defesa das Creches da USP no câmpus Luiz de Queiroz, em Piracicaba. Funcionários, professores, mães e pais de alunos do Centro de Convivência Infantil (CCIn) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, articulados com entidades de representação dos funcionários e estudantes, protestaram em frente ao Prédio Central.

O ato teve por objetivo exigir a entrada imediata das quatro crianças já aprovadas em processo seletivo de 2015, que foram impedidas pela USP de seu direito constitucional de receber atendimento.

Além disso, o grupo defendeu a abertura do Processo Seletivo para 2016 e o cumprimento da Lei Complementar que assegura a condição de Professores de Educação Infantil aos profissionais das Creches da USP.

Durante a mobilização foram entoadas diversas paródias com músicas infantis:

Com a melodia de Nana Nenê:
“Some Nenê
Não tem onde ficar
Papai tá na USP
Mamãe foi trabalhar”

Com a melodia de Sambalelê:

“Para entrar na USP
Não adianta estuda-ar
Se, você tem filhote
Vai ter que pagar a babá.
Paga, paga, paga a babá!
Paga escola, hospital
Pois, pra tirar diploma
Precisa é ter capital.”

O tom da mobilização, manifesto nas paródias, falas e cartazes, foi o de denunciar a arbitrariedade da Reitoria, a falta de transparência e o processo de desmonte da Universidade de São Paulo. Ao mesmo tempo, exigiu-se Democracia, a manutenção dos serviços primordiais para a excelência da USP e das Políticas de Apoio à Permanência Estudantil.

Protesto na USP é destaque no portal UOL

O portal UOL Educação publicou reportagem sobre a paralisação que ocorreu ontem, dia 15, no câmpus Butantã da Universidade de São Paulo. Entre as principais reivindicações do protesto está a reabertura das vagas nas creches da universidade.

Leia a reportagem completa no link abaixo:

http://educacao.uol.com.br/noticias/agencia-estado/2015/10/15/funcionarios-da-usp-protestam-contra-medidas-de-economia.htm