Reitor esconde a verdade sobre custos e pesquisas nas creches

O professor José Renato de Campos Araújo, da EACH-USP, representante dos professors-doutores no Conselho Universitário (CO), questionou o reitor sobre os custos das creches da USP na última reunião do CO, realizada no dia 10 de novembro.

O reitor vem tentando justificar o fechamento das creches usando argumentos como o de que elas são “caras” e não realizam atividade-fim (ensino, pesquisa e extensão). Essas informações não correspondem à verdade.

Bem, vamos aos fatos.

Segundo relato do professor José Renato em seu blog, o reitor disse que: “a USP gasta anualmente R$ 24 milhões com as creches da USP, enquanto dispende outros R$ 22 milhões com o pagamento do auxílio-creche a docentes e funcionário administrativos”.

Na verdade, os custos das creches não passam de R$ 1,8 milhão por ano, como mostram as tabelas do orçamento da USP disponíveis no site da Coordenadoria de Administração Geral da USP. Isso inclui alimentos, materiais de escritório, material didático, equipamentos, brinquedos, manutenção. O restante ao qual ele se refere é relativo ao pagamento de funcionários, que continuarão a ser pagos a menos que o reitor decida demitir todos de uma vez.

Portanto, se todas as creches forem fechadas hoje, a USP pouparia pouco mais de 1 milhão por ano, pois ainda teria de pagar auxílio-creche para todos os filhos de funcionários e docentes que se encontram nelas (R$ 596,96 por mês, por filho). Como o orçamento da USP é de cerca de R$ 5 bilhões, o fechamento das creches não refrescaria em nada o caixa da universidade.

No ano que vem, as creches também receberão recursos para a compra de alimentos, via governo federal, e ainda vem recebendo outros benefícios do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), em várias modalidades.

Ao mesmo tempo, as creches da USP são premiados centros de pesquisa e extensão de educação infantil e reconhecidos nacionalmente. Têm atuado como modelo para unidades de vários Estados. Educadores de todo o pais fazem visitas monitoradas para as creches da USP.

Além disso, são campo e laboratório para pesquisas realizadas por discentes e docentes da própria USP, principalmente para áreas tão distintas como Educação, Psicologia, Enfermagem, Nutrição, Letras, Fonaudiologia, Fisioterapia, Odontologia, Medicina, Engenharia Mecatrônica, entre outros.

Ou seja, as creches da USP se enquadram em todas as atividades-fim, assim como não custam quase nada aos cofres da universidade.

Veja o relato do professor José Renato em seu blog:

http://representadoutoresusp.blogspot.com.br/2015/11/caros-colegas-faco-este-novo-post-para.html

Anúncios

Um comentário sobre “Reitor esconde a verdade sobre custos e pesquisas nas creches

  1. É um absurdo isso!!!!! De maneira equivocada ele acaba atrasando a pesquisa em sim.. Eu mesmo não voltarei a minha pesquisa se meu filho não estiver seguro em uma creche, pois trabalho em um laboratória de alto risco.. Farei o que?? Levo meu filho junto?? Pagar uma creche não tem como, pois a bolsa que eles pagam é apenas 1/4 do piso salarial que eu deveria receber pelo meu trabalho..

    A cada dia penso apenas que bolsistas não passam de mão de obra barata…. Por isso tem diminuindo muito o número de pessoas que entram para este universo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s