VITÓRIA: Justiça dá liminar a filha de aluno que tem irmão na Creche Central

A bebê A.B.B. foi finalmente matriculada nesta sexta-feira, dia 3 de junho, na Creche/Pré-Escola Central do Campus Butantã. A.B.B. é filha de um aluno de graduação e irmã de uma criança que já estava matriculada na creche há vários anos. A entrada foi garantida somente depois de os pais entrarem na justiça, pois a USP negou direito que é assegurado pelo seu próprio regimento.

Todos os irmãos de crianças matriculadas nas creches da USP têm direito automático de serem atendidas, sem a necessidade de processo seletivo. Mas, em 2015, em atitude arbitrária, a SAS impediu o preenchimento das vagas ociosas. Depois, abriu exceção somente para filhos de docentes e servidores, que já tivessem irmãos frequentando as creches, impedindo que o mesmo ocorresse com os alunos da graduação e pós-graduação.

Esta é mais uma vitória na Justiça contra esta tentativa de fechamento das creches da universidade. A Reitoria da USP e a SAS não apresentaram à comunidade a portaria que ordenasse o impedimento do preenchimento das vagas ociosas. Isso significa que o esvaziamento e eventual encerramento do Programa de Educação Infantil da USP está sendo conduzido de forma sorrateira e autoritária, excluindo o Conselho Universitário e a própria comunidade uspiana da discussão sobre o assunto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s